KUNDALINI

O MAIOR SEGREDO DOS INICIADOS

Jorge L. Rodrigues

A Kundalini sempre foi o maior e mais bem guardado segredo de todos os tempos. Um privilégio apenas de uns poucos Iniciados nos mistérios maiores do ocultismo e do esoterismo.
Na verdade a Kundalini é uma energia descomunal localizada no primeiro Chacra chamado Muladhara que significa ‘raiz suporte’ e está situado na base da espinha dorsal, mais exatamente entre o órgão genital e o ânus. Na época da Lemúria e da Atlântida, o homem era muito mais avançado e tinha os sentidos plenamente desenvolvidos. Com o passar do tempo, com a involução destas duas raças, está força extraordinária chamada Kundalini foi se comprimindo em um único ponto no primeiro Chacra. Deste o início dos tempos a Serpente, tem sido um símbolo sexual, e é justamente por isto que a Kundalini é representada por uma Serpente. Pois, a Kundalini está intimamente relacionada com a energia sexual.

Está energia extraordinária que tanto pode elevar o Ser aos planos superiores ou aprisioná-lo nos mundos infernos. Conforme a Kundalini vai subindo pelos Chacras, a glândula Pineal vai despertando de seu milenar adormecimento, e o homem vai recuperando os seus Sidhis, que são poderes extrasensoriais tais como a telepatia que é a comunicação de pensamentos, clarividência que é a visão do que acontece à distância, desdobramento astral que é a saída consciente dos corpos invisíveis para fora do corpo físico. O dom de curar com as mãos ou a ponta dos dedos, a levitação, invisibilidade etc. A Kundalini também desperta a ciências Jinas que é o extraordinário e maravilhoso ato de penetrar com o corpo físico em outras dimensões do Universo e desvendar os mistérios da vida e da morte.  
 

Os Chacras podem ser definidos como vórtices ou redemoinhos de energia situados nos pontos de conjunções entre o corpos físicos e os corpos invisíveis superiores.
Existem diversos Chacras que mantém nosso corpo físico em contato direto com nossos corpos superiores, mas entre os vários centros energéticos, os principais são sete, sendo que cinco, se estendem ao longo da coluna vertebral, um entre as sobrancelhas e o sétimo no centro do celebro.

A Kundalini é simbolizada por uma Serpente mordendo a própria cauda mostrando que está transcendental energia está comprimida como se fosse uma mola.
A liberação da Kundalini começa no primeiro Chacra e vai subindo de Chacra em Chacra, até atingir o sétimo. Quando isto acontece, a pessoa se transforma em um Iluminado e se liberta totalmente do Ego ou Eus psicológicos. Certamente que quando isto acontece, a pessoa também se liberta da Roda de Sansara, que são os ciclos de recorrência do Ego, não retornando mais a esta Terra, sendo elevado a planos superiores e celestiais onde somente existe a mais pura felicidade. Obviamente que isto não acontece ao acaso, e muito menos pela equivocada lei da evolução.


KUNDALINI: A ENERGIA SEXUAL
Deste o início dos tempos a Serpente, tem sido um símbolo sexual, e é justamente por isto que a Kundalini é representada por uma Serpente. Pois, a Kundalini está intimamente relacionada com a energia sexual. Está energia extraordinária que tanto pode elevar o Ser aos planos superiores ou aprisioná-lo nos mundos infernos. Conforme a Kundalini vai subindo pelos Chacras, a glândula Pineal vai despertando de seu milenar adormecimento, e o homem vai recuperando os seus Sidhis, que são poderes extrasensoriais tais como a telepatia que é a comunicação de pensamentos, clarividência que é a visão do que acontece à distância, desdobramento astral que é a saída consciente dos corpos invisíveis para fora do corpo físico. O dom de curar com as mãos ou a ponta dos dedos, a levitação, invisibilidade etc. A Kundalini também desperta a ciências Jinas que é o extraordinário e maravilhoso ato de penetrar com o corpo físico em outras dimensões do Universo e desvendar os mistérios da vida e da morte.

Se você já leu alguma coisa relacionada a Kundalini, é normal você ter encontrado vários autores e inclusive até monges amantes e adoradores do Eu maior (Ego) ou do Eu superior (Ego) afirmando equivocadamente que despertar a Kundalini é perigoso e não se deve mexer com está energia. Pois estes materialistas tratam o Ego como se fosse deuses e jamais mostram o caminho da Auto Realização Íntima do Ser. Primeiro dizem maravilhas sobre a Kundalini, e depois falam que é perigosa; aí está os falsos ensinamentos que desgraçadamente abundam belo mundo.

A Kundalini é o Fogo Sagrado do Espírito Santo, tão desconhecido hoje em dia, é o Santo Graal dos primeiros cristãos ou a energia Chi ou Ki dos orientais. Os Egípcios da mesma forma que os Maias conheceram o Segredo da Serpente, Maha Kundalini dos hindus ou a Chave da Eterna Sabedoria Gnóstica. E é justamente por este choque tremendamente consciente que se tornaram civilizações gloriosas reconhecidas pelos deuses. Todas as pessoas possuem este extraordinário poder oculto, mas devido ao desrespeito as leis cósmicas ficamos impedidos de utilizá-lo. Somente seguindo os caminhos da Iniciação que estamos lhe revelando aos poucos, é possível despertar a Kundalini, e ser transferido para mundos inefáveis...

Os Egípcios da mesma forma que os Maias conheceram o Segredo da Serpente, Maha Kundalini dos hindus ou a Chave da Eterna Sabedoria Gnóstica. E é justamente por este choque tremendamente consciente que se tornaram civilizações gloriosas reconhecidas pelos deuses. Se você quiser despertar a Kundalini, faça o Curso de ANTROPOLOGIA GNÓSTICA onde descrevemos detalhadamente todos os 33 degraus para tornar-se um Homem Solar com os Sete Corpos totalmente Cristalizados através deste nosso poder descomunal que esta oculto em nosso primeiro chacra sexual Muladhara.

 
HOME  |  APRESENTAÇÃO   |   RESUMO   |   INICIAÇÃO   |   FALE CONOSCO   |  
Copyright ©2007 Jorge L. Rodrigues